História da Contagem dos Planetas

Atualizado: 31 de ago. de 2021

Por: Victor Bezerra


Coordenador da Divisão de Planetas da A.A.P.


Físico, e Mestre em Educação


Nas minhas pesquisas em livros antigos de Astronomia, me deparei com um livrinho intitulado: The Young Astronomer de 1831, escrito por Samuel Worcester. O Jovem astrônomo resume em poucas páginas o conhecimento básico de Astronomia daquela época. Mas o que me chamou a atenção foi a informação de que existiam 11 planetas conhecidos! Cujos nomes eram: Mercury, Venus, The Earth, Mars, Vesta, Juno, Pallas, Ceres, Jupiter, Saturn and Uranus or Herschel (p.12).


Até então nunca tinha ouvido falar sobre esses planetas. Ceres foi descoberto em 1801 por Piazza de Palermo na ilha da Sicília; Pallas e Vesta, pelo Dr. Olbers de Bremen, em 1802 e 1807; já Juno foi descoberto por Mr. Harding próximo a Bremen em 1804. Todos eles são muito pequenos e até o momento não sabemos se possuem luas (informava o texto).


Ao pesquisar mais a respeito soube que até 1852 tínhamos um catálogo com 23 planetas conhecidos! Isso ocorreu devido as descobertas desses astros e das mudanças da própria concepção de sobre o que é um planeta. Como sabemos Plutão foi descoberto em 1930 mas em 2006 ele acabou sendo retirado da lista.

Hoje contamos com 8 planetas mas como visto ao longo da história da astronomia isso pode mudar. No infográfico a lista completa de todos os que um dia foram considerados planetas.


Para acesso ao The Young Astronomer (e outras raridades), busque seu nome no sitio da Biblioteca do Congresso Estadunidense pelo endereço: https://www.loc.gov/




46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo